Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > Setembro > Secretário do Tesouro destaca importância da manutenção do grau de investimento pelo Brasil

Notícias

Secretário do Tesouro destaca importância da manutenção do grau de investimento pelo Brasil

No Congresso, Marcelo Barbosa Saintive também defendeu a busca pela eficiência e transparência do gasto público
publicado: 25/09/2015 16h38 última modificação: 17/03/2016 17h42

O secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Barbosa Saintive, defendeu nesta quinta-feira (24), em audiência na Comissão Mista de Orçamento do Congresso, a busca do equilíbrio, da transparência e da eficiência nas contas públicas. Ele ressaltou também a importância da manutenção da boa nota do Brasil pelas agências de classificação de risco para que o país continue atraindo investimentos externos.

Saintive afirmou que a elevada incerteza na economia tem afetado a arrecadação tributária, que está em um nível abaixo do esperado neste ano. Por outro lado, “o contingenciamento que já fizemos é expressivo, de R$ 80 bilhões”, ressaltou ele. “Estamos buscando o chamado ‘corte na carne’”, disse, ressalvando que educação, saúde e programas sociais têm sido preservados. “Na situação fiscal em que nos encontramos é muito importante rever a qualidade do gasto e a eficiência da política pública.”

Saintive disse que “o Tesouro tem como diretriz ampliar cada vez mais a transparência fiscal” e que essa transparência é fundamental para as agências de classificação de risco e para os investidores. “As agências de risco olham a transparência dos gastos fiscais”, disse ele. E a manutenção do rating do país em grau de investimento pelas agências, acrescentou Saintive, é importante para atrair o investimento direto externo. “Precisamos desse investimento”, afirmou.

O Secretário do Tesouro disse também que a equipe econômica considera factível a obtenção, neste ano, das receitas provenientes da abertura de capital do IRB e da Caixa Seguridade e dos leilões no segmento de energia elétrica para atingir a meta fiscal. “A meta é um alvo. Nas projeções atuais, continuamos perseguindo a meta em 2015”, reiterou. 

Confira o áudio do Secretário do Tesouro, Marcelo Saintive, na CMO e o respectivo arquivo da apresentação.

Audiência Pública do secretário do Tesouro, Marcelo Saintive na CMO

Apresentação da CMO