Você está aqui: Página Inicial > PMIMF > Frentes de Atuação > Tecnologia da Informação > Notícias da Frente de Tecnologia > Órgãos fazendários participam de grupo que discute qualidade do atendimento nos Serviços Públicos

Notícias

Órgãos fazendários participam de grupo que discute qualidade do atendimento nos Serviços Públicos

FRENTE DE TECNOLOGIA

De acordo com o Decreto nº 8.936 serviço público é "a ação dos órgãos e das entidades da administração pública federal para atender, direta ou indiretamente, às demandas da sociedade relativas ao exercício de direito ou a cumprimento de dever".
publicado: 26/04/2017 18h38 última modificação: 26/04/2017 18h41
imagem adaptada dos infográficos do MPDG

Integrantes da Subsecretaria de Gestão Estratégica da Secretaria Executiva (SGE/SE), da Ouvidoria e de outros órgãos do Ministério da Fazenda participaram de reunião com pesquisadores da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), discorreram a respeito da Pesquisa de Serviços Públicos de Atendimento da Administração Pública Federal.

Essa pesquisa é uma iniciativa do MPGD, com o apoio da Casa Civil da Presidência da República e da ENAP. O objetivo é conhecer quais são os Serviços Públicos de Atendimento prestados pela Administração Pública Federal, como são prestados e quais são as ações necessárias para torná-los, tanto quanto for possível, digitais, de forma a melhorar o atendimento aos(às) seus(suas) usuários(as) e é passo relevante para a implementação da Plataforma de Cidadania Digital, estabelecida pelo Decreto nº 8.936, de 19 de dezembro de 2016, que define:

  • serviço público:  é entendido como “a ação dos órgãos e das entidades da administração pública federal para atender, direta ou indiretamente, às demandas da sociedade relativas ao exercício de direito ou a cumprimento de dever”.
  • serviços públicos de atendimento: “são serviços públicos compreendidos como processos normatizados que realizam a entrega de um produto ou benefício a um(a) usuário(a), diretamente ou por meio de intermediários(as), a partir de uma ou mais interações entre poder público e usuários(as).”

A pesquisa refere-se apenas aos serviços públicos de atendimento e a responsabilidade pela inclusão de um serviço na Pesquisa cabe ao órgão que tem a capacidade de alterar o processo e os requisitos de prestação do serviço. É importante notar que nem sempre quem presta diretamente o serviço é o seu “dono”.

Tal pesquisa será realizada em duas etapas:

  • 1ª etapa - Preenchimento da Lista de Serviços Públicos de Atendimento;
  • 2ª etapa - Depois de aprovada a lista inicial de serviços públicos de atendimento junto à ENAP, será preenchido um questionário (exemplo em anexo), diretamente em um sistema eletrônico para cada serviço público de atendimento.

A 1ª etapa já foi atendida pelo MF, com o encaminhamento da planilha elencando os Serviços Públicos de Atendimento.

Futuramente novas informações serão apresentadas conforme se der o progresso da pesquisa.