Você está aqui: Página Inicial > PMIMF > Frentes de Atuação > Planejamento Estratégico > Notícias da Frente de Planejamento Estratégico > Boas práticas em governança é tema de visita do Itamaraty ao MF

Notícias

Boas práticas em governança é tema de visita do Itamaraty ao MF

FRENTE DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Segundo o IBGC: "as boas práticas de governança corporativa convertem princípios básicos em recomendações objetivas, alinhando interesses com a finalidade de preservar e otimizar o valor econômico de longo prazo da organização, facilitando seu acesso a recursos e contribuindo para a qualidade da gestão da organização, sua longevidade e o bem comum."
publicado: 19/10/2017 09h07 última modificação: 19/10/2017 18h07

Na última terça-feira, dia 17 de outubro, a Subsecretaria de Gestão Estratégica recebeu alunos do curso de formação de diplomatas do Instituto Rio Branco com o objetivo de apresentar-lhes boas práticas de governança corporativa implementadas no Ministério da Fazenda no contexto das ações do Programa de Modernização Integrada do Ministério da Fazenda (PMIMF).

Na reunião, foram apresentadas informações históricas a respeito do Programa desde o seu lançamento em 2011 e discutidos alguns desafios atuais. Também foram apresentadas as principais instâncias de governança corporativa no MF e a relação existente entre as frentes de trabalho do Programa e os mecanismos de governança pública referenciados pelo Tribunal de Contas da União - TCU. 

A Subsecretária de Gestão Estratégica, Juliêta Verleun, expôs os benefícios alcançados em mais de cinco anos e ressaltou durante a reunião as premissas básicas do PMIMF, a saber:

  • Modelo de gestão descentralizado;
  • Criação de comitês e estruturação de redes;
  • Processo de construção coletivo;
  • Transparência das ações e feedback;
  • Foco em resultados.

O grupo do Itamaraty teve uma boa impressão do programa e indicou que o modelo de governança implantado no Ministério da Fazenda possui elementos inovadores na área de governança pública.  Nesse sentido, os jovens diplomatas destacaram, ainda, que os instrumentos e as análises colhidas formarão parte de estudo acadêmico que estão realizando sobre a observância de melhores práticas no Serviço Público Federal e que será, posteriormente, levado à apreciação da Coordenação-Geral de Modernização Administrativa do Itamaraty.