Você está aqui: Página Inicial > PMIMF > Frentes de Atuação > Inovação (Projetos e Processos) > Notícias da Frente de Inovação > Regimento Interno do Comitê de Processos e Projetos é aprovado com participação dos órgãos fazendários

Notícias

Regimento Interno do Comitê de Processos e Projetos é aprovado com participação dos órgãos fazendários

FRENTE DE INOVAÇÃO

O Comitê de Processos e Projetos – CPP – é o órgão colegiado de natureza deliberativa, criado na Resolução nº 8 do CEG de 11 de novembro de 2016, que tem por competência e finalidade assuntos relacionados à Frente de Inovação do PMIMF
publicado: 14/03/2017 15h22 última modificação: 16/03/2017 17h37
Imagem cedida pela equipe SGE/SE

No dia 10 de março foi realizada a reunião inaugural do CPP com a presença de representantes dos órgãos participantes do PMIMF. O encontro serviu para aprovar a organização e o funcionamento do Comitê de Processos e Projetos no âmbito do Ministério da Fazenda. Julieta Verleun abriu a reunião destacando que “o foco, atualmente, é na eficiência e eficácia dos projetos e processos em resultados práticos que agreguem valor organizacional”, reforçando que o CPP funciona como um dos principais instrumentos de gestão para este pilar institucional e apoia o CEG em matérias relacionadas ao Programa de Desburocratização do Governo Federal.

A pauta do encontro tratou o regimento interno do Comitê como principal tópico de debate e ajustes do grupo. Ao final da reunião o regimento foi aprovado pelos participantes. Aproveitou-se o encontro para tratar de outros temas relativos ao CPP. Foi lembrado aos participantes da realização de capacitação de aproximadamente 35 líderes de projetos ocorrida na ESAF no mês de fevereiro. Também foi exibido painel gerencial simplificado contendo o desempenho dos Projetos Estratégicos Corporativos (PEC) diante dos aspectos orçamentários e da execução física realizada.

Além disso, foi anunciada a iniciativa de desenvolvimento de multiplicadores certificados PMP® Lembrou-se que a turma inicia no dia 14 de março com a presença 20 servidores selecionados. O propósito dessa ação se baseia no incremento dos conhecimentos do corpo funcional em gerenciamento de projetos às práticas internacionais com a finalidade de difundir boas práticas de maneira estruturada no Ministério da Fazenda.