Você está aqui: Página Inicial > PMIMF > Frentes de Atuação > Infraestrutura > Notícias da Frente de Infraestrutura > COGRL e COGTI avaliam gestão eletrônica de documentos no MF

Notícias

COGRL e COGTI avaliam gestão eletrônica de documentos no MF

FRENTE DE INFRAESTRUTURA

COGRL informa o andamento das atividades do PEC 201216, referente gestão de documentos, processos e informação
publicado: 13/07/2015 11h27 última modificação: 19/09/2016 16h42

COGRL e COGTI avaliam gestão eletrônica de documentos no MF

O Projeto Estratégico Corporativo (PEC) 201216, gerido pela COGRL/SPOA, apresenta em uma de suas fases a definição de um sistema de gestão informacional para o MF. Essa fase conta com a colaboração da COGTI.

A partir do encontro realizado com os órgãos do MF em setembro de 2014 para tratar do levantamento dos requisitos das áreas de negócio referente aos sistemas eletrônicos de gestão de documentos/processos/informação utilizados no âmbito do Ministério, sejam eles integrados ou não ao Comprot, a COGRL informa o andamento das atividades até o momento:

 Concluído:

a) Identificação de 51 metadados e 17 indicadores, conforme apontamentos feitos pelos órgãos do MF no referido encontro, bem como 12 sugestões de melhorias para o Comprot;

b) Avaliação da aderência das funcionalidades dos sistemas ComprotDoc e Comprot Processo ao modelo de requisitos do e-ARQ Brasil (CONARQ, 2011):

  • ComprotDoc – atende a 54% dos requisitos, e outros 7% já têm previsão de serem implementados;
  • Comprot Processo – atende a 48% dos requisitos, e outros 9% já têm previsão de serem implementados;

 c) Identificação dos requisitos desejáveis ao Comprot, a fim de torná-lo mais aderente ao modelo do e-ARQ Brasil;

 Em andamento:

d) Reuniões com as áreas de TI dos órgãos do MF, e posteriormente com as áreas de negócio, a fim de avaliar as soluções de gestão eletrônica de documentos existentes no Ministério;

e) Construção da visão da solução para o sistema eletrônico de gestão informacional do MF – documento (artefato de engenharia de software) elaborado com base no diagnóstico realizado, e que irá subsidiar o planejamento de TI deste Ministério para os próximos anos.

O PEC 201216 tem como objetivo a modernização dos processos de trabalho adotados para a gestão documental e da informação no MF, garantindo a qualidade e a agilidade na produção, tramitação, arquivamento, descarte, recuperação e acesso às informações. Além disso, busca-se o alinhamento do MF aos atuais normativos do Ministério do Planejamento e Ministério da Justiça, referentes a numeração de documentos e processos e a protocolo integrado.

A COGRL destaca a importância da colaboração de todos os órgãos fazendários nesse processo de planejamento de uma solução integrada de gestão eletrônica de documentos que atenda às necessidades do MF.