Você está aqui: Página Inicial > PMIMF > Frentes de Atuação > Custos > Notícias da Frente de Custos > Lançado o Portal de Informações de Custos do MF

Notícias

Lançado o Portal de Informações de Custos do MF

FRENTE DE CUSTOS

publicado: 22/03/2017 17h34 última modificação: 22/03/2017 17h34
Exibir carrossel de imagens Imagens cedidas pela SPOA

No dia 16 de março de 2017, houve a apresentação do Painel de Informações de Custos do Ministério da Fazenda para os gestores dos órgãos fazendários, representantes da Secretaria do Tesouro Nacional, Receita Federal do Brasil, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, Secretaria-Executiva, Secretaria da Previdência e Escola de Administração Fazendária.

A reunião foi aberta pelo Subsecretário da SPOA Nerylson Lima, que enfatizou a relevância do uso das informações de custos para a tomada de decisões e aumento da eficiência.

Em seguida, a apresentação do modelo de mensuração dos custos do MF e do Painel foi realizada pelo Coordenador de Análise Contábil da SPOA, Heriberto Henrique, tendo sido explanada a importância legal e gerencial do sistema de informações de custos, a construção e evolução do modelo, os resultados encontrados e as possibilidades de consulta/aplicação do Painel, desenvolvido em conjunto com a Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação.

 

Entenda o Modelo de Mensuração dos Custos do MF

 

Em 2014, foi elaborado um projeto na Secretaria-Executiva do Ministério, para estruturação do modelo de informações de custos aplicado ao Ministério da Fazenda. A primeira etapa foi concluída em 25/06/2014, quando o grupo técnico identificou os centros de custo, segregados por cada órgão (Secretarias, Procuradoria, Escola etc).

Validados esses centros de custo, a etapa seguinte consistiu na definição de metodologias de apropriação dos custos de pessoal por unidade organizacional, além da participação dos sistemas informatizados em relação aos centros de custo.

A partir de 1º de outubro de 2014 passou-se à terceira etapa, que consistiu na execução de um piloto por parte das UG executoras da SPOA, as quais apropriam a maior parte dos custos para todo o MF. Com isso, o projeto foi implantado em todo o Ministério a partir de 1º de janeiro de 2015, tendo sido disponibilizado o Manual de Mensuração dos Custos. Esse manual já se encontra na 2ª edição, uma vez que o modelo é atualizado periodicamente, sendo que a sua 3ª edição está em elaboração, para refletir as alterações constantes do novo decreto de estrutura do MF.

Com a implantação do modelo, em janeiro e fevereiro de 2016 foi elaborado um relatório consolidado de custos com os dados do exercício de 2015, que apresentava três seções: (i) tabelas com informações de custos; (ii) gráficos com análises de custos; e (iii) gráficos com evoluções de quantitativo de pessoal. Essas seções continham informações agregadas a nível de Ministério e de órgãos. Apresentava, ainda, as informações por três áreas de custo – folha de pagamento com servidores (FOLHA), tecnologia da informação (TI) e demais custos, por centros de custo.

Esse primeiro relatório consolidado ensejou o desenvolvimento do Painel, que inicialmente reúne as informações de custos dos anos de 2015 e 2016. Ademais, agrega outras informações, como o número de servidores por carreira, a composição dos custos por unidade federativa, os custos por natureza de despesa detalhada (quando for o caso) e por unidades responsáveis.

Outro ponto importante do Painel de Informações de Custos é a forma intuitiva e interativa como as informações são apresentadas. Os indicadores podem ser filtrados e combinados, ampliando as possibilidades de consultas gerenciais e análises de custo por parte dos gestores e demais usuários. A sua atualização é mensal.

 

Fonte: CONTA / SPOA