Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2018 > Fevereiro > Nota de pesar – 21/02/2018

Notícias

Nota de pesar – 21/02/2018

publicado: 21/02/2018 15h32 última modificação: 21/02/2018 18h11

É com pesar que o Ministério da Fazenda recebe a notícia do falecimento do primeiro Ouvidor-Geral do Ministério, Diniz de Oliveira Imbroisi.


Imbroisi nasceu em 1946 em São João del Rei, Minas Gerais. Em 1995, ingressou no serviço público para o cargo de analista de finanças e controle da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

No início de 2001, foi cedido para a Secretaria-Executiva do Ministério da Fazenda com objetivo de implementar a Ouvidoria-Geral do órgão.

Em 2003, passou a atuar como elo entre o ministério a Comissão de Ética Pública na supervisão da observância do Código de Conduta da Alta Administração Federal, no contexto fazendário.

Imbroisi coordenou a Ouvidoria-Geral do Ministério da Fazenda de 2002 a 2007 e desempenhou um papel relevante na criação da Comissão de Ética do Ministério da Fazenda.

Brasília, 21 de fevereiro de 2018

 


 

É com profundo pesar que a Comissão de Ética do Ministério da Fazenda recebe a triste notícia do falecimento do colega Diniz de Oliveira Imbroisi, ex-Ouvidor-Geral do Ministério e precursor da criação desta Comissão, na qualidade de elo entre o Ministério da Fazenda e a Comissão de Ética Pública.

Incansável na busca pelo contínuo aperfeiçoamento do serviço público, Diniz dignificou sua carreira, as funções que exerceu e conquistou amigos e admiradores por onde passou.

 A esses amigos e admiradores, a todos os colegas e colaboradores, e particularmente a seus familiares, que sofreram tão trágica perda, a Comissão de Ética do Ministério da Fazenda expressa suas mais sinceras condolências.

César Almeida de Meneses Silva
Presidente da Comissão de Ética

 


 

É com grande pesar que informamos que Diniz de Oliveira Imbroisi, primeiro ouvidor-geral do Ministério da Fazenda, faleceu ontem (20/02).

Prestamos condolências aos familiares e amigos pela inestimável perda e nos sentimos gratos pelo trabalho desenvolvido durante os 5 anos em que se dedicou à esta ouvidoria.

Carlos Augusto Moreira Araújo
Ouvidor-Geral do Ministério da Fazenda

 

registrado em: