Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Maio > Arrecadação federal sobe 2,27% em abril

Notícias

Arrecadação federal sobe 2,27% em abril

Receita Federal

Resultado é o melhor para o mês desde 2015 em função da arrecadação de royalties do petróleo
publicado: 25/05/2017 19h48 última modificação: 25/05/2017 19h48
Gustavo Raniere/MF

A Receita Federal divulgou, nesta quinta-feira (25), o resultado da arrecadação do governo federal que atingiu R$ 118,047 bilhões no mês de abril de 2017. O número é o melhor para o mês desde abril de 2015 e representa um aumento real de 2,27% em relação a abril do ano passado, quando chegou a R$ 115,420 bilhões. O resultado foi influenciado pela maior arrecadação de royalties do petróleo, que somaram R$ 5,753 bilhões no mês.

Já a arrecadação federal no período de janeiro a abril deste ano  atingiu R$ 446,791 bilhões, um acréscimo de 0,65%, em termos reais, em comparação ao mesmo quadrimestre do ano anterior.

No que se refere às receitas administradas pela RFB – excluídos os outros órgãos – o valor arrecadado foi de R$ 112,469 bilhões, uma redução de 1,30% em relação a abril de 2016. No período acumulado de janeiro a abril deste ano, a arrecadação chegou a R$ 432,411 bilhões. Em termos reais – conforme atualização do IPCA – o resultado é 0,93% menor do que nos quatro primeiros meses de 2016. 

Entre os fatores macroeconômicos que contribuíram para o resultado da arrecadação no mês de abril está o desempenho positivo da atividade industrial que cresceu 0,45%, como destacou o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias. Segundo ele, a indústria “já dá sinais de recuperação”.   

A venda de bens ainda recuaram 3,77 %, enquanto as vendas de serviços caíram 4,90% em relação ao mesmo mês de 2016. Já a massa salarial avançou 1,47%, em abril, o que influencia tanto a arrecadação previdenciária como a de imposto de renda . Na avaliação de Malaquias, os dados da massa salarial indicam que esse item está “chegando perto da estabilidade”. 

Ainda de acordo com Receita Federal, a arrecadação com o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) somaram R$ 18,867 bilhões em abril. Já o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), vinculado à importação, gerou uma receita de R$ 4,04 bilhões no mês, o que representa uma alta real de 5,36% em função do câmbio favorável.


Multimídia