Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > Outubro > ​Estoque da Dívida Pública Federal recua 0,04% em agosto

Notícias

​Estoque da Dívida Pública Federal recua 0,04% em agosto

DPF

O percentual da dívida com vencimento em 12 meses caiu para 18,07% e o prazo médio aumentou para 4,67 anos, informou o Tesouro
publicado: 17/10/2016 16h08 última modificação: 17/10/2016 16h08

O estoque da Dívida Pública Federal (DPF) diminuiu 0,04% em agosto na comparação com julho, passando de R$ 2,956 trilhões para R$ 2,955 trilhões. É o segundo mês consecutivo de queda do estoque.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) recuou 0,07% entre os dois meses, para R$ 2,830 trilhões, enquanto a Dívida Pública Federal externa (DPFe) aumentou 0,53%, para R$ 125,02 bilhões.

De acordo com o Tesouro Nacional, o leve recuo na DPF em agosto resultou do resgate líquido de R$ 33,17 bilhões no mês, compensado em parte pela apropriação positiva de juros no valor de R$ 31,84 bilhões.

A parcela prefixada da DPF aumentou de 35,23% em julho para 36,85% em agosto, enquanto a de títulos atrelados a índices de preços diminuiu de 34,25% para 31,82%. A participação de papéis a taxa flutuante passou de 26,16% para 26,94% enquanto a de títulos atrelados à taxa de câmbio subiu de 4,36% para 4,39% entre julho e agosto.

Na divisão por detentores, o grupo Previdência continuou na liderança, tendo aumentando sua participação na DPMFi de 24,36% em julho para 24,61% em agosto. A parcela das instituições financeiras subiu para 23,31%, enquanto a de fundos de investimentos recuou para 21,07%. A participação dos não residentes diminuiu de 16,23% para 15,67% entre os dois meses.

O percentual da DPF com vencimento nos próximos 12 meses, enquanto isso, recuou de 20,61% em julho para 18,07% em agosto e passou a ficar dentro do intervalo indicado pelo Plano Anual de Financiamento, que vai de 16% a 19%. O prazo médio da dívida aumentou de 4,62 para 4,67 anos, enquanto a vida média avançou de 6,54 para 6,58 anos. O custo médio da DPF recuou de 13,33% para 13,15% ao ano entre julho e agosto.

Tesouro Direto

O programa de venda de títulos da dívida pública brasileira para pessoas físicas recebeu em agosto 44.910 novos cadastrados, o que elevou o total para 930.196 investidores, um crescimento de 68,46% em relação a agosto do ano passado.

As emissões líquidas do Tesouro Direto somaram R$ 909,88 milhões em agosto e o estoque do programa alcançou R$ 35,429 bilhões, um aumento de 3,73% na comparação com julho.