Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > Abril > Levy anuncia estudos para abertura de capital da Caixa Seguradora

General

Levy anuncia estudos para abertura de capital da Caixa Seguradora

A medida não atinge as demais atividades da Caixa, que continuará um banco 100% público
publicado: 08/04/2015 18h50 última modificação: 26/05/2015 16h49
Bernardo Rebello

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e a presidenta da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, anunciaram, nesta quarta-feira (8), no Palácio do Planalto, o início dos estudos para a realização de uma oferta pública de ações da CAIXA Seguradora.

A operação pode acontecer ainda em 2015, de acordo com Joaquim Levy. “A intenção está estabelecida e os objetivos são muito claros: aumentar a presença da Caixa num segmento importante e, evidentemente, aproveitar a vitalidade do nosso mercado de capitais”, disse Levy durante coletiva à imprensa.

A medida não atinge as demais atividades da Caixa. "A Caixa Econômica continuará sendo uma empresa 100% pública, mas a atividade de seguros, que hoje inclusive tem sócios privados, vamos modificar, de tal maneira que se abra o capital, que se faça essa oferta pública, explicou o ministro.

“A gente tem que aproveitar isso para ser um instrumento não só de oportunidade de poupança, de criação de riquezas na própria Caixa, mas também de qualidade de vida das pessoas,” apontou Levy

O anúncio foi precedido por uma reunião com a presidenta Dilma Rousseff. "A presidenta Dilma decidiu que a CAIXA continua 100% pública, até pela natureza dos serviços que presta", reforçou Miriam Belchior.

A CAIXA Seguradora é uma joint venture da CAIXA com a companhia francesa CNP, especializada em seguro de vida. O banco detém uma fatia de 49% do capital da empresa, controlada.