Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2013 > setembro > Anúncio do FED indica redução gradual de estímulos à economia

General

Anúncio do FED indica redução gradual de estímulos à economia

Mantega destaca que deverá haver menor volatilidade no câmbio
publicado: 19/09/2013 15h55 última modificação: 26/05/2015 16h49

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, avaliou que o Banco Central americano, o  FED (Federal Reserve),  deu uma sinalização de que a correção dos estímulos à economia será suave. O que significa que "eles vão cortar mais devagar os estímulos monetários que colocam na economia", ressaltou Mantega em entrevista coletiva em São Paulo. Nesta quarta-feira (18), o FED anunciou sua decisão de manter inalterado seu programa mensal de compra de bônus, em US$ 85 bilhões.

"Havia a expectativa que eles iriam diminuir esse estímulo. Em função disso, o rendimento do Treasure, o título americano de dez anos, estava ameaçando subir", explicou o ministro. Mas, na avaliação do ministro, o mercado estava exagerando um pouco na expectativa desta desativação dos estímulos a economia. Ressaltando que a taxa de câmbio no Brasil é flutuante, o ministro destacou que há indicações de que a volatilidade pode diminuir que é bom para o ambiente de negócios. "O que interessa para nós é uma estabilidade, nós não temos um patamar ideal para o câmbio”, frisou Mantega.