Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2013 > agosto > OPERAÇÃO HIDRA - Receita e Polícia Federal desarticulam quadrilha especializada no uso de documentos falsos para práticas criminosas

General

OPERAÇÃO HIDRA - Receita e Polícia Federal desarticulam quadrilha especializada no uso de documentos falsos para práticas criminosas

publicado: 02/08/2013 13h55 última modificação: 26/05/2015 16h49

A Receita Federal e a Polícia Federal deflagraram nesta sexta-feira (02), em Manaus, a Operação Hidra, com o objetivo de combater organização criminosa suspeita de uso de documentos falsos para práticas criminosas e sonegação fiscal. Estão sendo efetuadas buscas nas empresas e residências dos suspeitos.

Foram expedidos 12 mandados de prisão e 30 mandados de busca e apreensão em residências dos investigados e nas empresas supostamente ligadas à organização criminosa. Participam da operação mais de 120 pessoas, dentre servidores da Receita Federal e policiais federais.

As investigações revelaram que com a utilização de documentos falsos a quadrilha obtinha inscrições no CPF, constituía e alterava o quadro societário de empresas, abria contas em instituições financeiras e obtinha empréstimos bancários, além de adquirir veículos e outros bens. Para a Receita Federal as empresas se declaravam inativas ou simplesmente não apresentavam declarações, com o objetivo de evitar a tributação. Entretanto estas mesmas empresas apresentavam para as instituições financeiras declarações com informações falsas com o objetivo de obter os empréstimos pleiteados.

Foram apurados indícios de diversos crimes, tais como estelionato, falsificação de documentos públicos e privados, falsidade ideológica e crimes contra a ordem tributária. Estima-se que o prejuízo aos cofres públicos, pelo não recolhimento dos tributos devidos, pode chegar a R$ 5 milhões.

O nome da operação é uma alusão a uma espécie de animal aquático que vive em água doce, chamado Hidra, que possui um alto poder de regeneração que lhe permitiria, teoricamente, viver para sempre, sem jamais envelhecer.

O Delegado da Receita Federal em Manaus concederá entrevista coletiva sobre a operação às 15h, na Superintendência da Polícia Federal em Manaus, situada na Av. Domingos Jorge Velho, nº 40 – Conjunto Dom Pedro II. Mais informações pelo telefone (92) 9126-9517.