Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 1996 > Cooperativas são opção para distribuição de renda

General

Cooperativas são opção para distribuição de renda

publicado: 03/07/1996 00h00 última modificação: 26/05/2015 16h50
Notas Oficiais

03/07/1996

Cooperativas são opção para distribuição de renda

"As cooperativas de crédito são os vetores de acesso a empréstimos àqueles que não conseguem recursos no sistema financeiro tradicional, contribuindo fundamentalmente para a distribuição de renda e a diminuição das disparidades sociais no país". Foi assim que o ministro Pedro Malan identificou o segmento de cooperativas e bancos de crédito na abertura (03.07) da Conferência Internacional de Cooperativas de Crédito e Bancos Cooperativos, promovida pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCP) e pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI).

O ministro disse que o governo está empenhado em contribuir para o fortalecimento do setor, regulamentando a criação dos bancos cooperativos (Resolução 2193 do Conselho Monetário Nacional de agosto de 1995) e mantendo a estabilidade da economia. Malan aproveitou a oportunidade para divulgar as cinco áreas prioritárias da política econômica brasileira: controle da inflação, crescimento sustentado, estabilidade no balanço de pagamentos, modernização do estado e combate às desigualdades sociais.

Existem cerca de mil cooperativas em funcionamento no Brasil, das quais 400 estão na área rural. Os 800 milhões de associados movimentam 3 bilhões de reais por ano, o que representa 5% do PIB brasileiro e 410 milhões de depósitos no sistema financeiro, de acordo com Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). Dejanir Dalpasquale, presidente da OCB, é otimista em relação às expectativas do mercado para o futuro: "Com a estabilidade monetária, o aumento do consumo e a privatização do setor financeiro, esperamos um crescimento significativo do setor".

Várias centrais regionais de crédito estão em fase de implantação, principalmente nas regiões sul e sudeste. O primeiro banco cooperativo do Brasil foi criado no Rio Grande do Sul e hoje é um exemplo de busca e acesso de fundos para a agricultura e pequenas empresas.

O objetivo da Conferência Internacional de Cooperativas de Crédito e Bancos Cooperativos é buscar propostas alternativas para viabilizar o cooperativismo de crédito e identificar oportunidades de intercâmbio tecnológico e financeiro entre as cooperativas de crédito brasileiras e os bancos cooperativos da Europa, América do Norte, América Latina e Caribe. A conferência acontece no Centro de Formação Profissional do Banco do Brasil, e vai de 3 a 5 de julho.

 

Ministério da Fazenda Esplanada dos Ministérios - Bloco P - 70048-900 - Brasília - DF - Pabx: (61)412-2000/3000 - Fax: (061)226-9084