Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 1996 > Tesouro registra superavit operacional de R$ 737 milhões em maio

General

Tesouro registra superavit operacional de R$ 737 milhões em maio

publicado: 14/06/1996 00h00 última modificação: 26/05/2015 16h50
Notas Oficiais

14/06/1996

Tesouro registra superavit operacional de R$ 737 milhões em maio

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou hoje (14.06) o resultado das contas do governo no mês de maio, que apresentaram um superávit operacional de R$ 737 milhões no conceito de Necessidades de Financiamento do Setor Público e de R$ 671 milhões registrados pela execução de caixa do Tesouro.

A redução em 35% das despesas com as transferências constitucionais e em 12% com gastos de pessoal, além de uma pequena queda nos gastos com custeio e investimentos, diminuiram a dívida total do governo de R$ 7.846 milhões registrados em abril para R$ 6.194 milhões em maio.

De janeiro a maio de 96, o Tesouro teve um saldo negativo de R$ 353 milhões, equivalente a 0,12% do PIB. No mesmo período do ano passado, esse número chegou a R$ 1.208 milhões, o que representou 0,41% do PIB.

O Tesouro registrou uma queda de 22% nas despesas com juros, se comparadas com maio de 95.

A execução de caixa do Tesouro Nacional registrou em maio um superávit de R$ 671 milhões. No mesmo período do ano passado o superávit foi de R$ 149 milhões. O governo arrecadou R$ 8.331 milhões e gastou R$ 7.660 milhões. A maioria das despesas com operações oficiais de crédito foram para o setor agrícola, que alcançaram R$ 135 milhões. As despesas com juros reais da dívida chegaram a R$ 1.388 milhões.

As operações com a dívida mobiliária federal apresentaram um crescimento de 7,6% em maio. O secretário do Tesouro Nacional, Murilo Portugal, explicou que o aumento da dívida em 1,2% em relação ao mês passado se deve à emissão de R$ 7,8 bilhões para a compra de títulos do Banco do Brasil. O estoque da dívida alcançou R$ 99,483 milhões (9.82% do PIB) contra R$ 92,439 milhões (8,62% do PIB) em abril.

O secretário também ressaltou a importância da colocação no mercado de R$ 500 milhões em Letras do Tesouro Nacional (LTN) com prazo de nove meses. "A emissão de títulos pré-fixados como esse sinaliza a estabilidade no mercado financeiro", disse o secretário.

 

Ministério da Fazenda Esplanada dos Ministérios - Bloco P - 70048-900 - Brasília - DF - Pabx: (61)412-2000/3000 - Fax: (061)226-9084