Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 1996 > Mais poupança garante crescimento

General

Mais poupança garante crescimento

publicado: 08/01/1996 00h00 última modificação: 26/05/2015 16h50
Notas Oficiais

08/01/1996


A elevação da taxa de poupança privada e a solução do problema da despoupança pública são os dois principais desafios do Plano Real, disse o ministro da Fazenda, Pedro Malan, em entrevista à Rádio Nacional, hoje (08/01). A poupança doméstica e a redução dos gastos públicos são os fatores que podem garantir um crescimento sustentado da economia, acrescentou.

O ministro Pedro Malan criticou os economistas que defendem um crescimento mais expressivo da economia, sem levar em conta os instrumentos que realmente dão condições ao país de permanecer crescendo. Disse que os chamados Tigres Asiáticos - Coréia, Taiwan, Singapura, entre outros, são países que crescem a taxa anual de sete por cento, enquanto o Brasil deverá atingir em 1996 taxa em torno de quatro por cento. No entanto, observou o ministro, os países asiáticos já atingiram taxa de poupança interna equivalente a 35 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), enquanto no Brasil essa taxa está em torno de 20 por cento.

No que se refere às finanças públicas, o ministro Pedro Malan disse que, o que interessa é o orçamento consolidado. Segundo ele, o país tem que aprender a lidar com o conjunto representado pelo Governo federal, estados, municípios, previdência e empresas estatais.

Além do aumento da poupança interna e do encaminhamento de soluções para as finanças públicas, Pedro Malan citou mais desafios a serem enfrentados pelo governo. ''É o investimento na área social, políticas públicas nas áreas de educação básica, saúde, saneamento, modernização das relações do trabalho, que permitirão que o real possa compatibilizar aquilo que foi nosso objetivo desde o início: inflação baixa e em queda, crescimento sustentado ao longo do tempo e menor injustiça social no país. Essas questões não são resolvidas em seis meses ou um ano. Ainda temos três anos pela frente e estaremos perseguindo esses objetivos.''

 

Ministério da Fazenda Esplanada dos Ministérios - Bloco P - 70048-900 - Brasília - DF - Pabx: (61)412-2000/3000 - Fax: (061)226-9084