Pedro Luís Correia e Castro

publicado 24/04/2015 11h32, última modificação 10/06/2016 10h28
PEDRO LUÍS CORREIA E CASTRO
* Vassouras (RJ) 17.09.1881 
† Itararé (SP) 16.11.1953

Ministros de Estado da Fazenda

Pedro Luís Correia e Castro

Bacharel em Direito; ingressou no Banco do Brasil tendo sido nomeado Inspetor à época da criação do cargo. Presidente interino do Banco do Brasil. Ao assumir a pasta da Fazenda elaborou um plano econômico-financeiro visando a eliminação do desequilíbrio orçamentário.

Assinou um acordo comercial e de pagamentos com o governo inglês relativo à utilização dos nossos saldos em esterlinos que se encontravam congelados e resgatou empréstimos externos. Nesse período aboliram-se os impostos sobre lucros extraordinários e adicional de renda introduziu-se a taxação progressiva sobre as pessoas jurídicas e regulamentou-se a entrega aos municípios da cota de arrecadação do Imposto de Renda determinada na Constituição de 1946.

Os exercícios de 1947 e 1948 foram encerrados com superávit. Por motivo de saúde solicitou exoneração em caráter irrevogável.

Bibliografia:

 - Relatório. (Exercício de 1946). Rio de Janeiro Imprensa Nacional 1948.

Linha azul para separação/organização de conteúdo