José Maria Whitaker

publicado 24/04/2015 11h32, última modificação 10/06/2016 10h19
JOSÉ MARIA WHITAKER
* São Paulo (SP) 20.05.1878 
† São Paulo (SP) 19.11.1970

Ministros de Estado da Fazenda

José Maria Whitaker

Bacharel em Direito; fundador do Banco Comercial do Estado de São Paulo; exerceu a Presidência do Banco do Brasil no período de 15 de dezembro de 1920 a 20 de dezembro de 1922 quando adotou relevantes medidas:

criação da Câmara de Compensação de Cheques e das Carteiras de Redesconto e de Crédito Agrícola. Reformou os estatutos da instituição bancária e determinou a elevação do capital mediante a subscrição de ações com ágio mudou a sede para o edifício da Associação Comercial antigo local da Casa dos Contos na Rua Primeiro de Março.

Foi o primeiro Ministro da Fazenda do Governo Provisório em 1930. 0 café se constituiu um grandes problemas do início de sua gestão. Havia estoques acumulados superprodução e degradação de preço. Como solução resolveu comprar o estoque retido instituiu a cobrança de um imposto em espécie de vinte por cento sobre cada safra e proibiu o plantio por um prazo de cinco anos.

Objetivando alcançar o equilíbrio orçamentário extinguiu as Alfândegas de Niterói e de Belo Horizonte aboliu o privilégio de isenção do selo de que gozava o Banco do Brasil reduziu subsídios do Presidente e dos Ministros de Estado aumentou o Imposto de Consumo e criou o sobre a produção fósforos.

Introduziu reformas nos serviços mandando adotar o sistema de gestão financeira na Contabilidade e instituiu a Comissão Central de Compras; Instituiu o Conselho de Contribuintes e foi um dos fundadores do Conselho Técnico de Economia e Finanças.

Voltou a ocupar em 1955 a pasta da Fazenda por um período de seis meses quando se conseguiu dar novo impulso à exportação do café.

Na sua bibliografia destaca-se o seguinte:

-  Letra de câmbio. São Paulo Saraiva 1932.

- A administração financeira do Governo Provisório. São Paulo Revista dos Tribunais 1933.

- Seis meses de novo no Ministério da Fazenda. Rio de Janeiro 1956.

Linha azul para separação/organização de conteúdo