Francisco Chaves de Oliveira Botelho

publicado 24/04/2015 11h32, última modificação 10/06/2016 10h17
FRANCISCO CHAVES DE OLIVEIRA BOTELHO
* Montevidéu 19.02.1868 
† Resende (RJ) 03.06.1943

Ministro de Estado da Fazenda

Francisco Chaves de Oliveira Botelho

Formado em Medicina pela Faculdade da Bahia; veio para o estado do Rio de Janeiro onde se iniciou na vida política; Foi Deputado Estadual e Deputado Federal. Foi Presidente do Conselho por duas vezes. Em 1906 assumiu o Governo do estado do Rio de Janeiro e em 1910 elegeu-se Presidente do mesmo estado.

No seu período de Ministro da Fazenda adotaram-se medidas relativas à Contabilidade Pública: O exercício financeiro foi fixado de 1º de janeiro a 31 de dezembro apresentação do Balanço Geral a 15 de abril anualmente. Referendou a lei sobre prescrição qüinqüenal.

Em sua Administração foram sancionadas as medidas legislativas sobre leilões públicos de volumes ou objetos abandonados nas repartições públicas e estradas de ferro; sobre empréstimo interno por meio de apólices "Obrigações Rodoviárias" para construção e conservação estradas de rodagem e a criação da Alfândega de Niterói no Rio de Janeiro.

Foi o último Ministro da Fazenda chamada República Velha e com a Revolução de 1930 retirou-se da vida política.

Linha azul para separação/organização de conteúdo