Agenor Lafayette de Roure

publicado 24/04/2015 11h32, última modificação 10/06/2016 10h18
AGENOR LAFAYETTE DE ROURE
* Nova Friburgo 28.02.1870 
† Petrópolis (RJ) 17.03.1935

Ministro de Estado da Fazenda

Agenor Lafayette de Roure

Formado em Odontologia pela Universidade do Brasil nunca exerceu a profissão dedicando-se logo ao Jornalismo. Membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro do qual foi 2º Secretário e em 1924 Sócio honorário. 

No período de 1919 a 1922 ocupou o cargo de Chefe da Casa Civil da Presidência da República sendo a 6 de novembro de 1922 nomeado Ministro do Tribunal de Contas e seu Presidente em 1931-34. Com a vitória da Revolução de 1930 foi nomeado Ministro da Fazenda. Por não se considerar político não aceitou permanecer no cargo.

Na sua bibliografia destaca-se o seguinte:

- Orçamento de 1830.

- Política econômica de D. João VI.

- Ministério da Conciliação.

- Comentários ao código de contabilidade

- Conferência sobre a abolição e seus reflexos econômicos. Revista do Instituto Histórico Rio de Janeiro 83: 315 1918.

- O orçamento. (Preparo elaboração execução e fiscalização de acordo com o  Código de Contabilidade e com a jurisprudência do Tribunal de Contas). Rio de Janeiro 1926. 

Linha azul para separação/organização de conteúdo