Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e programas > PNAFM > Avisos e comunicados > 2019-2018 > Aparecida de Goiânia - GO

Notícias

Aparecida de Goiânia - GO

Avisos

É o segundo município a participar da série "PNAFM- Histórias de sucesso".
publicado: 08/10/2009 00h00 última modificação: 17/10/2018 16h18

O município de Aparecida de Goiânia,  já executou oitenta por cento do projeto que está firmado sobre um tripé de ações: investimentos emtecnologia de informações, na capacitação dos servidores e nos Serviços de Atendimento ao Cliente – SAC. Mas a primeira fase do projeto conta, ainda, com implantação de cadastro imobiliário  e ações de ordenamento institucional e planejamento estratégico.

A adesão ao Programa Nacional de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros – PNAFM se deu em 30 de dezembro de 2003, com contrato de pouco mais que seis milhões e meio de reais e 35% desse valor em recursos próprios. De lá para cá o projeto já sofreu 3 revisões, duas para mudança de produtos e a última, para adequação de valores. “A alteração mais contundente ocorreu no início porque o projeto original foi feito por consultoria contratada que não adequou o projeto à realidade do município. Foi preciso revisar tudo”, explica Floriano Carlos Batista,funcionário municipal há 30 anos e o único coordenador que a Unidade de Execução Municipal – UEM de Aparecida já teve . “Por tudo isso é que não aconselhamos a contratação de consultorias para a realização de projetos iniciais”, arremata ele.

Mas as transformações realizadas deram resultados tão satisfatórios que o trauma inicial foi relegado a  segundo plano. Além da modernização administrativa, a implantação do PNAFM ajudou, também, no  incremento da 40% na arrecadação tributária, cujos recursos estão sendo investidos em projetos de infraestrutura, como o asfaltamento da cidade. Com isso, hoje, gestores, funcionários e munícipes aprovam a implantação do PNAFM no município. O Prefeito eleito Maguito Vilela chega a dizer que os resultados obtidos com o PNAFM inspiraram a adesão do município a programas políticos que pleiteiam a modernização da máquina administrativa.

O atual Secretário da Fazenda, Carlos Eduardo de Paula Rodrigues, também é forte entusiasta do PNAFM. Ele alega que os avanços obtidos com a implantação do Programa em Aparecida foram convincentes o suficiente para angariar o apoio da nova equipe política. “Os funcionários não acreditavam muito no projeto, no início, mas quando começaram as capacitações, os microcomputadores foram entregues e o sistema de tecnologia começou a funcionar, levando o SAC consigo, o PNAFM começou a ser visto como algo que veio para resolver os problemas da prefeitura”, diz Ana Paula Vilela Rocha Veiga, fiscal de tributos e Coordenadora Administrativa e Financeira da UEM. Os contribuintes também comemoram a melhoria no atendimento ao público,  devido,  principalmente, à criação dos  SACs. A dona de casa Marina Bueno Marques credita ao Serviço a agilidade e eficiência que, segundo ela, existe hoje no atendimento ao contribuinte.

Para o futuro, há planos de contratar novo empréstimo junto ao PNAFM para investir, principalmente, em geoprocessamento e referenciamento , além da melhoria do cadastro imobiliário. “Se tiver uma segunda, uma terceira etapa, nós estaremos juntos,” diz o Prefeito. “Nos estudos que estamos fazendo, pretendemos ampliar a integração entre a secretaria da Fazenda, onde o PNAFM está alocado, com outras secretarias após o geoprocessamento e referenciamento. Assim, por meio de uma planta, a Educação, por exemplo, vai saber onde é necessário construir uma escola”, diz Floriano Batista.

registrado em: